Publicado dia 14.08.2015
Jess Glynne fala sobre ascensão à fama, álbum de estreia e obsessão com Timbaland!
14.08
Jess Glynne fala sobre ascensão à fama, álbum de estreia e obsessão com Timbaland!
Jess Glynne concedeu uma entrevista para o Official Charts e revelou informações sobre seu álbum, suas influências e falou um pouquinho sobre seus vícios musicais.

– Seu álbum “I Cry When I Laugh” é inspirado pela cultura R&B e pop que ouvia em sua adolescência. 

“Eu peguei todas as minhas inspirações e as coloquei neste álbum, ele definitivamente tem um elemento de verdadeira alma. Eu ouvia muito Frank Ocean e Prínce quando eu estava escrevendo, e eu amo “I’ll Take You There” de Mavis Staples. Olhando para trás, acho que “Right Here” é realmente muito longe do som do resto do álbum. Eu diria que “Hold My Hand” é o início do som do álbum.”

– Ela trabalhou com alguns compositores muito bons

“Eu criei o modelo do álbum com um cara chamado Knox Brown. Criamos a alma, o som e a estrutura do mesmo. Quando me envolvi com Starsmith (Ellie Goulding, Kylie) fomos para um próximo domínio e levamos a partir de um lugar para outro. Há uma música do álbum com Steve Mac e Wayne Hector chamada “Take Me Home”, que foi um momento incrível. Eu escrevi a música e depois eu fui com eles para retrabalharmos o mesmo. Foi a melhor sessão de reformulação que já fiz! Eu trabalhei com Jin Jin (Olly Murs, Little Mix) também – ela é realmente a única compositora consistente em todo o álbum.”

– Ela tinnha uma coisa com divas desde muito nova…

“Eu simplesmente me tornei obcecada com todas as músicas que meus pais me jogavam. Eu costumava roubar seus CDs e discos, eu simplesmente adorei ouvir as vozes incríveis. Lembro-me de tornar-me obcecada com Whitney Houston, Mariah Carey e Aretha Franklin e eu usava os discos para cantar junto, em seguida, registrava, cantando a capella usando meu leitor de cassetes – era incrível!”

– O primeiro single que ela comprou foi 7 Days do Craig David

“Foi incrível. Eu acho que eu o tinha em formato de fita. Eu nunca vou me esquecer das minhas fitas. Eu lembro que eu tinha “You Make Me Sick” da Pink, “You Remind Me” do Usher e (claro) “7 Days” do Craig David – esses são os três que eu realmente me lembro”

Amy Winehouse lhe deu o incentivo para seguir no ramo da música

“Eu tenho tantas inspirações que eu realmente não posso deixar nenhuma de lado, mas Amy foi uma inspiração enorme que me deu a confiança para fazer a coisa que eu realmente queria fazer – ela honestamente me estimulou. Ela veio junta com o incrível álbum “Frank” e se tornou a trilha sonora da minha vida. Na época meus pais ficavam tipo, ‘Oh meu Deus nós só vemos você fazendo isso.” e eu pensava: “Por causa de alguns idiotas, eu nunca vou ser capaz de fazer nada, e eles estão fazendo isso tão bem. Mas eu os amo.” Meu pai me dizia que eu poderia fazer o que quisesse e eu pensava,” Sério? Dá um tempo”. Eu não tinha muita confiança no colegial, mas escutar e ver as letras da Amy me fazia sentir mais confiante.”

Mas Prince agora é seu artista preferido

“Quando você está ouvindo um álbum do Prince você está dentro dele.. não é apenas sobre ele a fundo. Eu queria fazer um álbum no qual você se sente dentro dele. Como “I Wanna Be Your Lover” que é uma das minhas canções felizes… Me faz sentir melhor imediatamente.”

Ela já escolheu sua canção para a “primeira dança” do seu casamento

“Vai ser “I’ll Take You There” do The Staple Singers. Eu sempre a coloco quando preciso de algo para me dar uma levantada. É a minha canção favorita em todo o mundo. Eu amo cargas de músicas, mas nenhuma é a “a minha preferida” como essa..”

Ela está obcecada com Timbaland e Justin Timberlake

“Eu o conheci no South By Southwest e eu não acreditei, fiquei chocada, mas eu realmente me senti mal quando eu o conheci. Quando você realmente vê a pessoa em carne e ela está tendo uma conversa com você, é o sentimento mais incrível. Eu me lembro quando me reuni com a minha gestão e me perguntaram qual era o meu produtor dos sonhos e eu respondi, ‘Timbaland’. Eu cresci em Aaliyah e eu sou obcecada com ele e Justin (Timberlake) -. apenas tudo o que ele é e já produziu.”

“Hold My Hand” ter ficado no topo da UK Singles Chart foi um momento particularmente emocional pois tem um significado na letra da música
“Apesar do sucesso de Rather Be (com Clean Bandit), My Love (com Route 94) e Not Letting Go (com Tinie Tempah), Hold My Hand me fez sentri como se fosse o meu primeiro número 1. Foi uma sensação totalmente diferente que eu não consigo descrever. Foi muito mais emocional. É uma música que realmente significa algo para mim e isso, obviamente, foi captado para um monte de gente, espero que por razões semelhantes. E eles fizeram isso ser Número 1 para não apenas uma semana, mas para três! Eu celebrei com Jin Jin (que co-escreveu a faixa com Glynne, Jack Patterson, Ina Wroldsen e Clean Bandit) e o produtor Starsmith. Tivemos um momento tranquilo em Londres, saímos para beber e foi realmente bom.”

Tradução e adaptação: Isaac Teixeira, Equipe Jess Glynne Brasil.

Informações

Postado por

O Jess Glynne Brasil é o primeiro e maior site de informações sobre a cantora Jess Glynne. Estamos online desde 2014 querendo proporcionar as melhores notícias da Jess de fã para fã!
Comentários

Jess Glynne Worldwide

Espanha
Argentina
+
+

Fique ligado na Jess Glynne!

Facebook

Twitter

Instagram

instagram
Novo álbum da Jess Glynne Always In Between Disponível em todas as plataformas

Últimos shows agendados

Turnê Always In Between

10/02

Enmore Theatre - Newtown, Australia

14/02

VIRGIN RADIO REDFESTDXB 2019, United Arab Emirates

18/02

O2 Shepherd's Bush Empire - London, UK

27/02

Le Trianon Hall - Paris, France

01/03

Sala La Riviera - Madrid, Spain

02/03

Sala Apolo [3] - Barcelona, Spain

04/03

Fabrique - Milan, Italy

05/03

X-Tra - Zürich, Switzerland

07/03

TonHalle - Munich, Germany

08/03

Huxleys Neue Welt - Berlin, Germany

09/03

Progresja Music Zone - Warsaw, Poland

11/03

Große Freiheit 36 - Hamburg, Germany

Adds Bottom
2014 © Jess Glynne Brasil - Direitos Reservados - Flaunt Networks Desenvolvido por Isaac